Olá! Seja bem vindo!

"O objetivo desse blog é compartilhar boa música"

quarta-feira, 25 de março de 2009

Democratização da Música


A música foi criada pelo homem há milhões de anos, com instrumentos feitos de pedra, madeira e ossos, como xilofones, tambores de tronco e flautas. E desde estão ela vem passando por diversas tansformações e aperfeiçoamentos musicais, estando em constante evolução, tanto na maneira como é produzida, como na maneira que é executada, pois não faz muito tempo, levando em consideração o remoto tempo da criação da música, que o homem conseguiu captar e gravar os sons por ele produzidos.

Antes do advento das gravações, ouvir música implicava em sair de casa e reunir-se com outras pessoas para apreciar uma execução única de uma obra musical, ou seja, a audição das músicas era feita ao vivo, e só podia ser apreciada nas apresentações dos músicos. Com a era do rádio, as pessoas passaram a poder ouvir música em casa, devido as apresentações realizadas especialmente para esse fim, mas foi só de uns tempos pra cá, com a criação de diversos formatos de gravação, que passamos a poder adquirir e ouvir música a qualquer momento, e de maneiras distintas, seja solitariamente, ou em grupo de pessoas, podendo também levá-la para onde quiser, devido a sua portabilidade.

Sou a favor da democratização da música, devendo as pessoas poderem optar por comprar ou não, e em qual formato desejarem, podendo também compartilhar livremente com quem quer que seja, tanto por meios fisicos, como digitais, proporcionando assim um acesso verdadeiramente democrático para todos, pois um bem cultural e intelectual como a música, que exprime tantos sentimentos, emocionando e causando reflexões, deveria ser considerado um patrimonio cultural da humanidade, de domínio público, e não mais um mero produto comercializável.

Um comentário:

Flavia disse...

Sim Estamos na era das novas tecnologias o q possibilita novas formas de comunicação, meios e interação. A internet é um espaço democrático onde também a música é compartilhada.

Assim é inevitável que a internet tenha se tornado fonte de informação também para a música e que diversos conteúdos estejam a disposição de quem os deseja ouvir ou baixar.

Não tem nada a ver com pirataria é o outro lado da moeda, ou seja divulgação versus troca. O conteúdo na net vira domínio público quando fica a disposição de forma gratuita.

Quem aprecia verdadeiramente a música, principalmente no Jazz gosta de ter objeto CD em casa, principalmente quando se trata de grupos novos. Mas para os clássicos faz bem ter a net como recurso disponível para obte-los.
Afinal Louis Amstrong e Machado de Assis já virara domínio público há muito tempo.